terça-feira, 26 de junho de 2012

Planilha gratuita para contagem de tempo de serviço

Público Alvo:

O público alvo é amplo: servidores do Judiciário, magistrados, advogados e segurados do INSS.

Primeiro vamos abordar as vantagens da planilha, depois explicaremos como utilizá-la. 

Principais vantagens:

  • (Para servidores da JF da 4ª Região): Possibilidade de colar a planilha diretamente no Gedpro, sem a necessidade de anexar arquivos na minuta, permitindo que seja feito o agendamento direto do evento para o Eproc;
  • Destaque: Aviso automático de períodos em concomitância, alertando o usuário para que faça a correção manualmente;
  • Destaque: Possibilidade de lançar diversos períodos (97 períodos para ser mais preciso);
  • Destaque: Possibilidade de lançar os períodos em qualquer ordem, já que a planilha automaticamente apura os períodos anteriores à EC 20/98, anteriores à Lei 9.876/99 e anteriores à DER;
  • Possibilidade de conversão de tempo especial em comum e tempo comum em especial, tanto para homem quanto para mulher;
  • Possibilidade de marcar períodos que não contam para carência (Ex: período rural anterior a 1991 não indenizado).
  • Averiguação do direito em 3 marcos temporais, sendo estes:
    • Emenda Constitucional 20/1998;
    • Lei 9.876/99 (criou o fator previdenciário);
    • DER (data de entrada do requerimento);
    • Ainda é possível inserir uma quarta data no campo "Calcula até", útil para quando o segurado não tem direito na DER, mas tem direito se for computado período posterior, ou quando se quer avaliar a presença de direito adquirido em momento anterior a DER;
  • Destaque: a planilha gera um rascunho de dispositivo automaticamente.Trata-se de uma célula no final da planilha que pode ser copiada e colada no word (Ctrl C e Ctrl V), contendo 3 parágrafos que dizem se o segurado preencheu os requisitos para aposentadoria na data da EC 20/98, na data da Lei e na DER. O texto ainda indica quais requisitos não foram preenchidos caso não haja direito em um destes marcos temporais. Este texto pode ser utilizado tanto em minutas de sentença quanto em petições iniciais.
  • Destaque: mesmo que os períodos não sejam lançados em ordem, a planilha detecta concomitância e evita que o mesmo mês seja contado em duplicidade para fins de carência.
  • Destaque: Como a planilha é fornecida através do Google Docs, os desenvolvedores podem atualizá-la (seja para criar novas funcionalidades ou corrigir erros) e todos os usuários sempre acessarão o link que contém a versão mais atualizada. Para isto basta sempre acessar a planilha através do link deste blog (coloque o blog nos seus favoritos). 
  • Possibilidade de imprimir em PDF para juntada em processos eletrônicos (lembrando que também é possível copiar e colar dentro do Word / Gedpro);
  • Possibilidade de impressão em papel para juntada em processos físicos;
  • Possibilidade de recuperar todas as planilhas feitas posteriormente (ex: processo retornou do Tribunal ou TR com o tempo alterado, basta recuperar a planilha e fazer as alterações necessárias sem precisar montá-la do início). 

Como utilizar a planilha ?

É muito fácil. Você precisa ter uma conta do Google (é gratuita).

- Se você já tem uma conta, acesse http://drive.google.com e clique no botão azul "Dê os primeiros passos com 5GB de espaço" (este procedimento será feito uma única vez, depois o Google Drive fica ativado permanentemente na sua conta). Se você já usa o Google Drive ou o botão não apareceu pra você, você pode prosseguir.




 - Se você ainda não tem uma conta do Google, basta clicar no botão azul Login, e depois no botão vermelho Inscreva-se, e seguir as instruções na tela para criação da sua conta.




Feito isso, voce pode acessar a planilha. (o link sempre se encontra no canto superior direito neste blog, e sempre aponta para a versão mais atualizada).

Acessada a planilha, clique em Arquivo > Fazer uma cópia:


Dê o nome para o arquivo conforme desejado (sugerimos o número do processo ou nome da parte autora, assim é fácil recuperar a planilha depois, pois ela ficará salva na sua conta do Google Docs).

Pronto. Basta preencher as informações na aba "Folha de rosto" e, quando terminar, alternar para a aba "Resultado":

Como colar a planilha diretamente no Word (ou Gedpro)

1) Selecione a área da planilha que você quer copiar (na aba Resultado por exemplo). Atenção: Não selecione a planilha inteira e nem espaços em branco, pois se fizer isso haverá células em branco no word. Observe na imagem abaixo o modo correto de selecionar um trecho da planilha:




2) Copie (Ctrl C) e cole (Ctrl V) no Word ou Gedpro. A planilha será colada em formato de texto:

3) Selecione todo o texto colado. Dica: segura a tecla SHIFT do teclado e clique em "Data Inicial", é uma forma rápida de selecionar todo o texto colado.


4) Dentro do Word / Gedpro, Vá no menu Tabela >  Converter > Texto em Tabela, e clique em OK. (apenas verifique se a opção Tabulações está selecionada, mas geralmente esse é o padrão do Word).



5) Pronto, sua planilha está montada.

6) Se você está usando o Gedpro, há apenas um passo final. Clique no cantinho da planilha para selecioná-la por inteiro, e depois selecione o estilo "tabela" na caixa de estilos.


7) Se você quiser aproveitar o recurso de "rascunho automático", que gera 3 parágrafos dizendo se a parte autora tem direito à aposentadoria nos 3 marcos temporais (EC 20/98, Lei 9876/99 e "calcula até"), basta observar na aba "Resultado" que há uma célula, abaixo do pedágio, que contém o texto pronto.

Basta clicar nesta célula, copiar (ctrl C) e colar (ctrl V) no Word ou Gedpro. Este texto é apenas uma sugestão e evidentemente pode ser alterado após colá-lo no Word ou Gedpro, conforme desejado.


Perguntas frequentes  
1) Não estou conseguindo fazer uma cópia da planilha. Quando clico em Arquivo > Fazer uma cópia, está cinza, não consigo clicar.
Resposta:
você tem que estar logado na sua conta do Google. Basta clicar em Fazer login no canto superior direito:

2) Não estou conseguindo editar nenhuma célula da planilha.
Resposta:
você tem que criar uma cópia para cada processo que estiver trabalhando, não é possível editar a versão original da planilha. Primeiro veja se você está logado (vide pergunta anterior), e depois clique em Arquivo > Fazer uma cópia.





3) Como faço para recuperar uma planilha que fiz anteriormente ?
Resposta: coloque o mouse perto do título da planilha, uma setinha apontando para esquerda aparecerá. Clicando nela você vai para a sua lista de arquivos no Google Drive. Você pode usar o campo de pesquisa para encontrar a planilha desejada. Alternativamente, você pode digitar no seu navegador http://drive.google.com


4) Como incluir períodos especiais (insalubres) ?
Resposta: insira o período normalmente na folha de rosto. Na coluna "Fator de conversão", selecione no menu (ou digite) 1,4 (se homem) ou 1,2 (se mulher). Você pode digitar ou selecionar outros números também, para converter tempo comum em especial ou para acrescer apenas a porção especial de um período já computado como comum pelo INSS (neste caso usamos os fatores 0,4 se homem e 0,2 se mulher).


Um comentário:

  1. Ainda não usei, mas a iniciativa, por si só, já é louvável. Parabéns.

    James
    VF de Apucarana

    ResponderExcluir